terça-feira, 2 de maio de 2017

Qualquer trabalho dignifica o homem?

Trabalho é vida.

Todos os seres vivos trabalham, de alguma maneira. Animais, plantas e até bactérias empreendem algum tipo de esforço para sobreviver.

O ser humano começa a trabalhar assim que nasce, se esforçando para respirar e digerir, e mais tarde aprendendo a se locomover.

Através do trabalho, transformamos o mundo em um lugar um pouco menos hostil a nossa espécie. Pela magia do trabalho, sementes, argila e minérios passam à condição de alimento, moradia e ferramentas.

Alguns dizem que o trabalho liberta. Com efeito, ao longo da História, o trabalho efetivado por muitas gerações libertou os seres humanos de algumas das condições de vida mais difíceis, fornecendo meios de viver com mais conforto e segurança, oferecendo proteção contra intempéries, doenças e inúmeras outras dificuldades naturais.

Também dizem que o trabalho dignifica o homem. Será verdade? Qualquer trabalho dignifica o ser humano?

Vivemos hoje numa sociedade muito complexa, e muitos ofícios são necessários ao funcionamento de nosso mundo globalizado. A maioria das profissões é útil à coletividade em alguma medida e, assim sendo, são dignas.

No entanto, nem todas as condições de trabalho permitem que as pessoas vivam com dignidade.

O trabalho deveria nos permitir viver, mas muita gente trabalha apenas para sobreviver: quando uma pessoa passa a maior parte de sua semana realizando alguma tarefa e presa em intermináveis engarrafamentos apenas para ganhar um salário miserável que mal lhe permite pagar o aluguel e as contas, sustentar a família ou até cuidar de sua própria saúde, sua dignidade lhe é roubada. Mal lhe sobra tempo para conviver com amigos e familiares, cultivar o espírito através do estudo e outras atividades edificantes e gratificantes. Nossa sociedade trata a maioria de seus trabalhadores como reles animais, como se precisassem apenas de uma ração barata e uma toca limpa para viver...

Quando o trabalho é digno, mas o trabalhador não recebe condições de viver com dignidade, é uma grande hipocrisia dizer que "o trabalho dignifica o homem"...


Nenhum comentário: