sábado, 5 de março de 2016

O pânico dos "defensores da democracia"

"Se amanhã eu disser à imprensa que, tipo, um bandidinho tomará um tiro, ou um caminhão cheio de soldados vai explodir, ninguém entra em pânico, porque é tudo parte do plano. Mas quando eu digo que aquele velho prefeitinho vai morrer... Bem, então todo mundo perde a cabeça!"


Nenhum comentário: